Recadastramento é discutido nas Colônias Z-16 de Saubara e Z-27 de Acupe

Mais duas reuniões sobre o recadastramento dos pescadores no Sistema Confederativo da Pesca aconteceram, nessa quinta-feira (03). Desta vez, os encontros ocorreram na região do Recôncavo baiano, organizados pelas Colônias Z-16 de Saubara e Z-27 de Acupe (Santo Amaro). Os associados lotaram as assembleias, que contaram com a presença de representantes da Federação dos Pescadores e Aquicultores do Estado da Bahia (Fepesba), para discutir, além do recadastramento, temas diversos de interesse da categoria, como o Seguro Defeso, por exemplo.

No período da manhã, cerca de 700 pescadores juntaram-se à diretoria da Colônia Z-16 de Saubara, em Assembleia. Pela tarde, foi a vez da Colônia Z-27 de Acupe, no município de Santo Amaro, onde cerca de 500 associados compareceram à reunião. Em ambos os encontros, foram traçadas as estratégias para implantação do recadastramento do Sistema Confederativo da Pesca, que deve ter início nos próximos dias, sob a coordenação do consultor da Fepesba, José Carlos Rodrigues.

Além disso, o presidente da Fepesba, Raimundo Costa, que esteve presente nas duas assembleias, esclareceu as dúvidas dos pescadores sobre o Seguro Defeso. “Esperamos que com o retorno do atendimento na Superintendência Federal da Pesca, os mais de 22 mil pescadores notificados tenham seus cadastros profissionais corrigidos no Sistema do Ministério da Agricultura, o SisRGP, e possam ter suas solicitações de Seguro Defeso processadas pelo INSS, o quanto antes. Essa é a forma direta e mais viável de acessar o benefício”, pontuou.

Recadastramento é discutido nas Colônias Z-16 de Saubara e Z-27 de Acupe
Reunião na Colônia Z-16 de Saubara
Reunião na Colônia Z-16 de Saubara
Reunião na Colônia Z-16 de Saubara
Reunião na Colônia Z-27 de Acupe (Santo Amaro)
Reunião na Colônia Z-27 de Acupe (Santo Amaro)
Reunião na Colônia Z-27 de Acupe (Santo Amaro)
Reunião na Colônia Z-27 de Acupe (Santo Amaro)
%d blogueiros gostam disto: